Skip navigation

Já não é a primeira vez que eu digo isso, mas tornarei a repeti-lo todas as vezes que julgar necessário. É imperativo que eu pare de levar a sério esse lance de romantismo. Dê risada, eu mereço; isso não leva a nada a não ser a dor. Tava conversando ontem com o Renan (ah, sempre ele, o único que ainda tem paciência pra ficar me ouvindo!) e confessei a ele, (praticamente) nesses termos:

— Renan, outro dia tava eu no meu quarto, o notebook ligado no som, e eu deitado na metade direita daquele meu travesseiro enorme, sobre a minha cama. Tava tocando I Won’t Hold You Back, do Toto (essa faixa que eu coloquei do YouTube no embed desse post), e eis que ela se materializa aqui do meu lado, dormindo, com a cabeça sobre o meu peito. Meu, se ainda fosse alguma cena de sexo que eu imaginava… Mas não, porra!

E, sempre que eu ouço I Won’t Hold You Back, essa imagem tridimensional, tão ideal, quase real dela se repete. Esse sonho meu de tê-la ao meu lado, seja na cama ou em qualquer lugar, já se torna antigo, ainda que em cada novo capítulo desta novela ele se torne mais irrealizável. A próxima frase é mais uma citação (quase) direta minha, dirigindo-me novamente ao Renan.

— O que ela mexeu comigo em três horas e meia, Renan, a minha ex não fez em três meses e meio.

É espantoso o encantamento que ela exerce sobre mim. E parece que nada me faz arredar. Nem mesmo aquela garota que, pra ser perfeita, só faltava morar na outra ponta da Via Dutra. Nem mesmo espírito! Aquele encantamento etéreo, que emana por todos os poros daquela tez, aquela que eu já toquei, que eu já beijei e daria tudo para poder voltar a sentir!

Os versos podem dizer o que quiserem, a poesia que se lasque numa hora dessas! Eu só quero minha garota ao meu lado! Enquanto não posso sentir o sutil aroma de seus cabelos, continuo estático mirando a imagem ao meu lado e apenas respirando: não tem mais o que fazer. É bom demais para querer esquecer, e é ruim demais para dizer que é indiferente.

Então assim permaneço, com uma música nos ouvidos, um desejo no coração, uma imagem na cabeça e absolutamente nada de concreto nas mãos…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: